Córnea é a estrutura mais externa do olho. Uma lesão nessa estrutura é chamado de úlcera de córnea. Qualquer machucado nessa parte pode ser um risco à saúde ocular do pet.

Essa afecção ocular pode acometer cães e gatos e é mais comuns em animais que possuem “olhos saltados” como: shih-tzu, lhasa apso, bulldog, pug, boston terrier e deve ser tratada de forma rápida e eficiente para evitar a perda de visão.

Existem diversas causas para essa doença, entre elas: cílios que nasceram na posição incorreta, deficiência na produção de lágrimas, trauma ocular e, nos gatos, vírus como a rinotraqueíte e herpes felino podem causar uma conjuntivite seguido de úlcera de córnea.

Para descobrir se o seu pet está com úlcera de córnea, é necessário ficar atento a alguns sinais, como: piscar em excesso, olho vermelho, secreção ocular com cor amarela ou esverdeada, coceira no olho, apatia, dor e olho azulado.

Se reparar algum dos sinais acima, leve o seu pet imediatamente ao médico veterinário oftalmologista para que o diagnóstico seja feito e o tratamento realizado.

O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico a depender da gravidade e do tempo da lesão. Portanto, quanto antes o animal for examinado, maiores as chances de recuperação sem sequelas de perda de visão.

*Contribuição Dra. Letícia Baungarten

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Download Premium WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
free download udemy course